Face - fio russo

Devido a grande morbidade e dificil recuperação pós operatória, gradativamente a cirurgia estética vem tentando novos procedimentos de rejuvenescimento facial e que tenham resultados favoráveis sem os estigmas da cirurgia tradicional ou também chamado lifting facial.

O fio russo foi desenvolvido em 1999 na Russia, sofreu melhoramentos e promove resultados bastante favoráveis no levantamento e manutenção de posicionamento das estruturas faciais que se perdem com o passar dos anos.

Os fios apresentam multiplas garras e são passados na parte profunda da gordura da face através de pequenas agulhas. Não há cortes e o procedimento é realizado sob anestesia local, não necessitando de internação hospitalar.